segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Olha, afinal não é só o Benfica que tem "Vales e Azevedos"...

Este dia 10 de Setembro, véspera de mais um aniversário dos atentados às torres gémeas dos Estados Unidos, fica marcado pela decisão do tribunal, em condenar alguns terroristas do futebol português, que andaram anos a passar entre os pingos da chuva da justiça portuguesa.

Deste modo, aquela facção Benfiquista, que considera José Veiga um bom sucessor de Luís Filipe Vieira, vai continuar no seu estado saudosista, fazendo figas para que Veiga regresse ao clube?

Será que Fernando Gomes, vai continuar a dar um tacho a João Pinto, depois desta decisão? Já não bastou empregar um ex-jogador que envergonhou uma federação e um país, após a agressão ao árbitro do Coreia-Portugal no Mundial de 2002?

E os sportinguistas? Vão continuar com aquela ideia arcaica e obsessiva de que o seu clube não tem ninguém condenado e/ou envolvido em casos de corrupção desportiva?

Ficou assim demonstrado, que não é só o Benfica que tem "Vales e Azevedos"...

sexta-feira, 29 de junho de 2012

A pergunta do dia:

O que fazer com o emprestado Rúben Amorim, que depois da decisão de ontem da Liga, não poderá ser emprestado ao Braga?

Vai para o estrangeiro? Vai regressar à Luz? Vai para a equipa B?

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Vou-me armar em Marcelo Rebelo de Sousa...

Rui Patricio: 12 valores

João Pereira: 12 valores

Pepe: 19,5 valores

Bruno Alves: 15 valores

Fábio Coentrão: 16 valores

Miguel Veloso: 13 valores

 Raúl Meireles: 12 valores

João Moutinho: 17 valores

Nani: 13 valores

Cristiano Ronaldo: 16 valores

Hélder Postiga: 8 valores

 Hugo Almeida: 6 valores

 Nélson Oliveira: 5 valores

Silvestre Varela: 10 valores

Custódio: 9 valores

Rolando: 2 valores


Paulo Bento: 18 valores

6 perguntas pertinentes a propósito dos penaltis de ontem:

1. Quantos penaltis bateu Pepe em toda a sua carreira?

2. Quantos penaltis falhou Moutinho em toda a sua carreira?

3. Porque motivo Bruno Alves não tinha condições para bater o terceiro penalty, mas já tinha para bater o quarto?

4. Porque razão, após o falhanço de Xabi Alonso, foi escolhido para bater o penalty que nos podia colocar na frente, com consequente pressão adicional para o jogador espanhol que fosse bater a seguir, um jogador que falha mais de metade dos penaltis que bate?

5. Porque motivo entraram Custódio, Varela e Nélson Oliveira, em fase muito adiantada da partida, se nenhum dos três foi com o intuíto de bater as penalidades?

6. Porque não entrou o Hugo Viana, que bate bem este tipo de lances de bola parada?

Isto de querer ter sorte na loteria dos penaltis não é para qualquer um. É preciso fazer alguma coisa por isso.

Foi pena ter havido um bloqueio completo de Paulo Bento, na preparação e elaboração do plano das grandes penalidades, porque só temos que lhe dar os parabéns por tudo o que fez neste Euro 2012.


domingo, 10 de junho de 2012

Num Sábado de tantas emoções, este foi o homem do dia:


O grande Sérgio Silva, levou a equipa às costas com uma garra extraordinária.
A foto diz tudo...

14 anos depois, parece mesmo que vamos levantar o caneco. Viva o Benfica!

PS: Não arranjam por aí as imagens em que o Edo Bosch apalpou os seus próprios tomates, enquanto olhava destemido para as bancadas do pavilhão da Luz?

Desse modo, veríamos se ele tinha mais queda para a "auto apalpadela" do que o Carlos Lisboa...

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Se eu fosse o advogado de defesa do Carlos Lisboa respondia assim:

Sá Pinto agride um seleccionador nacional, e um jogador do seu clube, enquanto era director desportivo do Sporting, e está tudo ok.

Carlos Lisboa não faz mal a ninguém, e por apalpar o seu próprio cú, já está a mais no desporto português.

São formas interessantes de ver as coisas...

Ainda a propósito do médico que diz palavrões num programa de televisão, como se estivesse numa qualquer tasca deste país, tenho a dizer que vi o programa Prolongamento, na 2ª à noite, e escutei o referido "tasqueiro" dizer que o Sporting era "diferente", quando chamado a comentar o caso do Basket, e da troca de comunicados entre Benfica e Porto.

E disse que era "diferente", como quem diz que o seu clube não se envolve em casos de pancadaria, de mau perder, de insultos, etc, etc, etc...

Pois quero dizer que essa "diferença", ficou bem visível nas últimas eleições, quando o caos imperou entre os adeptos leoninos, não havendo, sequer, espaço para o discurso da vitória do presidente eleito, com empurrões e agressões a policias, jornalistas, e demais cidadãos que por ali circulavam.

Essa tal "diferença", pode também ser comprovada pelo fogo posto no estádio da Luz, pela coacção sobre o árbitro assistente José Cardinal, pelas imagens instigadoras à violência colocadas no túnel do estádio de Alvalade, isto só para falar nesta época desportiva.

Portugal é mesmo um país de hipócritas!

terça-feira, 29 de maio de 2012

Estou intrigado com a certeza do jornal O Jogo...

O jornal O Jogo foi o 1º a avançar, com toda a certeza, a contratação de Ola John pelo Benfica.

Depois de tal noticia, ouvimos o director desportivo do Twente afirmar que o valor era baixo, e que as negociações estavam paradas, dizendo, inclusivé, que não acreditava que o Benfica pudesse ir de encontro às pretensões do clube holandês.

Logo de seguida, todos os orgãos de comunicação social fizeram eco dessas palavras, pondo em causa a contratação do jogador, tendo os outros dois jornais desportivos falado em falhanço nas negociações.

Mesmo depois disto, o jornal O Jogo, teimava em afirmar que o jogador viria para o Benfica, dizendo que as palavras do director desportivo do Twente faziam parte de um acordo de sigilo que o Benfica teria assinado com o clube holandês.

O mesmo jornal foi também o 1º a dizer que o jogador já estava em Lisboa e que iria assinar contrato.

No fim de tudo, o jornal O Jogo foi o único a acertar, revelando ter acesso a informação privilegiada,  coisa que os jornais Record e A Bola, não foram capazes de ter.

Posto isto, intriga-me que um jornal com relações privilegiadas com o FC Porto, ao ponto de fazer entrevistas exclusivas com o treinador Vítor Pereira, e de ser a "voz", quando o interesse assim o exige, do clube nortenho, tenha acertado a 100% nos contornos deste negócio.

Então e A Bola, jornal sempre conotado com o Benfica?? Ficou a ver navios??

Foi o Benfica assim tão eficaz, na condução do negócio, que conseguiu esconder o mesmo dos principais orgãos de comunicação social?

Se assim foi, como é que um jornal do Porto teve acesso a informação tão certeira?

Ainda andam espiões a gravitar pela 2ª circular?

Pode não ser nada, mas lá que me ficou um pulga atrás da orelha, lá isso ficou...

domingo, 27 de maio de 2012

Programa realmente incrível mas obtuso


Como é habito aos Sábados, ouvi o PRIMO (Programa realmente incrível mas obtuso), apresentado por Nuno Markl e Vasco Palmeirim.

O convidado do programa desta semana foi António Raminhos, benfiquista confesso, e que tem feito alguns trabalhos para a Benfica TV.

Hoje fiquei a saber que o Raminhos tinha escrito uns artigos de humor para a Maxmen, relacionados com o Benfica, Porto e Sporting, em que contou algumas piadas sobre os três clubes, tendo, posteriormente, recebido, a propósito de umas "secas" que contou sobre o FC Porto, várias ameaças dos super dragões de Felgueiras, em que estes diziam que se o apanhassem por aquelas bandas que lhe tiravam a tosse.

Isto a propósito, recordo, de umas simples piadas sobre o clube azul e branco, escritas numa revista masculina.

Trago este assunto para o blog, porque isto é revelador da mentalidade daquela gentalha, que apenas sabe viver na base da intimidação, da ameaça, e da porrada propriamente dita, como podem comprovar nomes como Co Adriaanse, Rui Santos, Paulo Martins da RTP, Valdemar Duarte da TVI, aquele jornalista do JN que foi atropelado pelo motorista de Pinto da Costa, o autocarro do Benfica, etc, etc, etc... São tantos os casos, que dava para uma catrefada de páginas.

Até houve um adepto portista que ameaçou o Raminhos, dizendo que lhe dava um tiro nos cornos pelas costas. Para alem de violento, é burro. Como se dá um tiro nos cornos pelas costas???

Se dúvidas houvessem, bastou ouvir o grande Raminhos, no PRIMO, para dissipá-las!

Ouça o programa neste link, a partir do minuto 32 é que vem o assunto futebol.

Imperdível!


sexta-feira, 25 de maio de 2012

Nuno Marçal diz que tem orgulho nos adeptos portistas

O Porto já meteu este vídeo a circular, em que o Nuno Marçal vem dizer que sente orgulho nos adeptos portistas, mostrando o treinador campeão nacional, Carlos Lisboa, a fazer uns gestos menos próprios para a bancada, com a finalidade de branquear um comportamento inqualificável dos adeptos azuis e brancos.

Marçal é muito expedito na critica a Carlos Lisboa, dizendo que ele tem que ter respeito na casa do FC Porto.

Mas então e o respeito que tem que haver para com os benfiquistas? Onde é que ele esteve?

Os Benfiquistas são sistematicamente insultados, durante o jogo todo, com cânticos, como: SLB, SLB, SLB, SLB, SLB, filhos da puta, SLB, filhos da puta, SLB... e o Marçal sente orgulho desta gente, que não sabe cantar mais nada que não seja o insulto ao adversário.

O Lisboa foi insultado durante todo o jogo, ele e eu, e mais 6 milhões de pessoas, e temos que comer e calar?

Como li no grande "Colunas D´ Águias Gloriosas", Marçal, escuta, és um filho da fruta!

Vês, não é preciso usar palavrões!!

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Atenção ao Benfica-Porto em Hóquei...


A deslocação do Porto à Luz, na penúltima jornada do campeonato, vai ser decisiva para a atribuição do título.

Com todos estas polémicas, é importante estar atento às movimentações, para que não sejamos roubados na nossa própria casa.

Depois não nos podemos esquecer, que o Porto vai tentar criar um ambiente dentro do pavilhão, para que os adeptos caiam na armadilha, e criem problemas nas bancadas, para depois virem dizer que afinal a violência há em todo o lado.

O Porto vai tentar de tudo para ganhar esse jogo e este campeonato. Nós, os adeptos, não podemos ir em cantigas, nem em vinganças desnecessárias, para não colocar em causa o brilhante discurso do presidente Vieira.

O presidente já falou, hoje, nesse jogo do hóquei, por isso é sinal que está atento, e muito bem. Espero que possamos espetar mais uma facada ao Dragão, e vencer um campeonato que nos foge há mais de uma década.

O hóquei tem sido um dos desportos mais viciados em Portugal, o problema é que não tem a visibilidade do futebol, senão caía o carmo e a trindade.

Cuidado, caros benfiquistas!

Junte estas palavras e faça um texto demolidor. É capaz??

Compadrios, corrupção, violência, chantagens, fruta, burros, ameaças, represálias

Se não conseguir fazer um texto com estas palavras, não faz mal...
O presidente Vieira dá uma ajuda:

"O que se passou ontem no Dragão foi uma vergonha para o desporto, para o país, para todas as instituições desportivas. Só não foi uma vergonha para quem não tem vergonha na cara. Foi demasiado grave para ficar impune. E ainda têm a lata de falar em apagões quando a sua história foi marcada por compadrios e corrupção".

"O sistema de hoje continua a ser construído na violência e nas chantagens. As nossas razões podem não chegar à UEFA, como não chegaram as escutas da fruta. Não vamos parar enquanto não limparmos o desporto português. Burros são os que acreditam que a impunidade vai durar para sempre. Não vou descansar enquanto houver árbitros ou delegados que se sintam condicionados por ameaças e represálias".

O presidente Vieira disse mesmo isto, parece impossível, mas disse mesmo. Se ele falasse sempre assim, sem papas na língua, metendo todos os nomes aos bois, sim, aos bois, porque eles são mesmo uns grandes bois, teríamos sido campeões.

Não tenho a mais pequena dúvida!

Contra esta gente tem que ser assim mesmo. Olhos nos olhos e sem medo!

Pssssttt, Sr. presidente, importa-se de defender o clube?


É fundamental o Benfica reagir aos acontecimentos ocorridos no Dragão Caixa, e que impediram a entrega do troféu à equipa vencedora, de modo a que toda a gente perceba que a direcção protege intransigentemente os interesses do clube, e não o seu próprio umbigo, como aparenta ser quando se trata de efectuar um comunicado a desmentir nomes de jogadores lançados pela comunicação social.

O presidente tem aqui uma boa oportunidade, em virtude de uma vitória na casa do rival, e que ainda por cima deu um título, para sair do nevoeiro, e dar a cara pelo clube, pelos sócios, mas acima de tudo, por todo o grupo de jogadores, técnicos e dirigentes do basquetebol benfiquista.

Se isto fosse ao contrário, Pinto da Costa já tinha lançado forte ataque ao ministro da administração interna, já tinha aparecido em todos os serviços noticiosos a criticar a organização do jogo, já tinha vindo falar de túneis, de stewarts, da regionalização, do Pedroto, do Salazar, enfim... já tinha misturado alhos com bogalhos, mas sempre com uma intenção politica subjacente muito clara.

É esta falta de habilidade que a direcção tem. Não sabe o que dizer, quando dizer, nem como dizer.

Era preciso que Vieira viesse à praça pública dizer que afinal não é só em túneis que é preciso ter cuidado, há por aí certos pavilhões em forma de caixa que são autênticas faixas de Gaza.

Era preciso que Vieira viesse à praça pública dizer, mas de voz bem levantada, que o clube não está disposto a competir em locais onde os seus jogadores e técnicos estão sujeitos à violência que ontem se registou no Dragão, e que se tem verificado na região do grande Porto, sempre que o Benfica vai jogar para essas bandas.

É pedradas, bolas de golfe, e agora isto??

É este o desporto que o Porto cultiva??

E o nosso presidente não diz nada?

O futebol podia aprender umas coisas com o basket...


O futebol do Benfica podia aprender com a equipa de basquetebol como se ganham campeonatos em casa dos corruptos.

E já agora, à semelhança do basket, podia também ganhar 3 campeonatos em 4 anos.

Não era nada mau, porque se tal acontecesse, teríamos a hegemonia do futebol nacional, e aí é que era caso para dizer que estávamos no caminho certo.

Parabéns ao Carlos Lisboa. Um grande Benfiquista, campeão como jogador, e agora, campeão também como treinador.

É destas referências históricas que o Benfica precisa!

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Alguém que diga ao presidente Vieira para ver esta imagem:


É que eu acho que o "caminho certo", que hoje o presidente falou, de certeza que não é o que a imagem reflecte.

Se o tal "caminho certo" é este, então não vale a pena eu andar aqui a perder o meu tempo com blogues, com horas e horas a pensar no Benfica, porque o clube ganhador que eu conheci em pequeno, já não existe, já está morto, e com missa de 7º dia a caminho.

Já não tenho pachorra para ouvir o presidente a falar.

Caminho certo??  Ide todos dar uma volta ao bilhar grande!!

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Piada pós-jantar...


Recebi um e-mail "sem título". Ainda pensei em abri-lo, mas vi logo que não era para mim, e então reencaminhei-o para o Sporting...

Afinal o Benfica tem pontos a mais no campeonato



Rui Santos tem feito duras criticas às arbitragens portuguesas, reconhecendo que Benfica e Sporting foram bastante prejudicados neste campeonato, enquanto que o Porto é sistematicamente protegido pelas mesmas.

Recordemos esta fantástica intervenção no Tempo Extra, em Agosto de 2011:

"Árbitros são subservientes ao FC Porto"
"Desde há muitos anos a esta parte que existe um padrão de comportamento dos árbitros portugueses, que sistematicamente, e em caso de dúvida, beneficiam o Porto"

O que borra a pintura toda, é quando apresenta a sua Liga Real, onde para cúmulo dos cúmulos, vemos que o Porto teria exactamente os mesmos pontos, e o Benfica teria pontos a menos.

Deste modo, as suas opiniões acerca do que se passa nas arbitragens em Portugal, quanto a beneficiados / prejudicados, não são legitimadas pela classificação da Liga Real.

Não é assim que se destrói um sistema. Não se pode, num programa de vasta audiência, dizer que os árbitros beneficiaram o Benfica neste campeonato, a ponto de termos mais pontos do que o devido, porque senão as pessoas ainda pensam que é verdade.

Basta ver o que nos fizeram em Coimbra, Alvalade, Vila do Conde e em casa com o Porto.

domingo, 20 de maio de 2012

Não me digam que agora foi ao Jamor..

Depois de ontem ter estado em Munique a assistir à final da Liga dos Campeões, tendo-se marimbado para a final do campeonato de basquetebol, era de supor que hoje o grande líder marcasse presença no pavilhão da Luz, para apoiar a equipa, em tão importante desafio.

Mas claro, Vieira a apoiar as equipas "in loco"? Nem pensar!

Há sempre algo mais importante do que isso. Se calhar até foi ao Jamor ver a final da Taça...

Deprimente, muito deprimente este presidente.

sábado, 19 de maio de 2012

Bruno Carvalho escreveu no seu Facebook...


Em primeiro lugar devo dizer que não gosto de Bruno Carvalho, e não votei nele nas últimas eleições.

Creio que o Benfica necessita de um presidente com outro carisma e com outra capacidade de liderança, no entanto não posso deixar de transportar para aqui as suas palavras, escritas no seu Facebook, já que vão ao encontro de um post que aqui escrevi, e que revelam, de forma inequívoca, o papel de Fernando Gomes na FPF, o poder de Pinto da Costa no futebol português, e a falta total de influência que o Benfica tem nas principais instâncias do futebol nacional.


"O FC Porto foi surpreendido pela eleição de Mário Figueiredo para Presidente da Liga.

Mário Figueiredo conseguiu a eleição porque prometeu aos clubes o alargamento.

Logo, Pinto da Costa tornou-se, de imediato, o maior inimigo do alargamento.

O alargamento significaria a legitimação de um Presidente que não teve o apoio de Pinto da Costa e do FC Porto.

Era importante também castigar todos aqueles que apoiaram um candidato que não tinha a bênção do FC Porto.

Que fique claro uma coisa: eu também estou totalmente contra o alargamento que é uma imbecilidade atendendo à realidade financeira do futebol português.

No entanto, o chumbo da FPF da proposta da Liga para o alargamento tem uma leitura politica.

O rosto da oposição do alargamento foi Pinto da Costa.

O chumbo do alargamento tratou-se de uma vitória de Pinto da Costa.

Ficamos todos a saber que quem manda no futebol português é Pinto da Costa.

Bem, já sabíamos, mas fomos relembrados.

Ficamos também a saber porque é que Fernando Gomes é o Presidente da Federação e ao serviço de quem está.

O que não ficamos a saber é o motivo que levou o Benfica a apoiar Fernando Gomes em vez de ter apoiado Fernando Seara para Presidente da FPF.

Não se percebe pois não Sr. Luís Filipe Vieira?

Percebe-se também que o Benfica não risca nada no futebol português."


Luis Filipe Vieira tem conseguido com que o clube seja sistematicamente penalizado, ignorado e ultrapassado pelas personagens do costume, que reinam no futebol português há décadas.

Pior que tudo isso é continuar a apoiá-los...

Acorde Sr. Luis Filipe Vieira!

Música para cantar amanhã


A nossa equipa de Basquetebol ganhou, ganhou bem, só ela merecia ganhar, e agora só falta o jogo de amanhã, para carimbar o título de campeão nacional.

Carlos Lisboa merece uma palavra de apoio, porque montou uma defesa muito forte, o que permitiu vencer a partida.

Eu que já fiz um post a criticar as suas competências de treinador AQUI, devo dizer que estava enganado. Lisboa evoluiu, e está prestes a vencer o campeonato.

Amanhã que todos cantem: "Cheira bem, Cheira a Lisboa"