quarta-feira, 30 de maio de 2012

Se eu fosse o advogado de defesa do Carlos Lisboa respondia assim:

Sá Pinto agride um seleccionador nacional, e um jogador do seu clube, enquanto era director desportivo do Sporting, e está tudo ok.

Carlos Lisboa não faz mal a ninguém, e por apalpar o seu próprio cú, já está a mais no desporto português.

São formas interessantes de ver as coisas...

Ainda a propósito do médico que diz palavrões num programa de televisão, como se estivesse numa qualquer tasca deste país, tenho a dizer que vi o programa Prolongamento, na 2ª à noite, e escutei o referido "tasqueiro" dizer que o Sporting era "diferente", quando chamado a comentar o caso do Basket, e da troca de comunicados entre Benfica e Porto.

E disse que era "diferente", como quem diz que o seu clube não se envolve em casos de pancadaria, de mau perder, de insultos, etc, etc, etc...

Pois quero dizer que essa "diferença", ficou bem visível nas últimas eleições, quando o caos imperou entre os adeptos leoninos, não havendo, sequer, espaço para o discurso da vitória do presidente eleito, com empurrões e agressões a policias, jornalistas, e demais cidadãos que por ali circulavam.

Essa tal "diferença", pode também ser comprovada pelo fogo posto no estádio da Luz, pela coacção sobre o árbitro assistente José Cardinal, pelas imagens instigadoras à violência colocadas no túnel do estádio de Alvalade, isto só para falar nesta época desportiva.

Portugal é mesmo um país de hipócritas!

1 comentário:

  1. Olá!

    Podemos fazer uma troca de links entre blogues por favor?

    O meu é: http://davidjosepereira.blogspot.pt/

    Muito Obrigado!

    Depois passem pelo meu a confirmar a troca, para eu também adicionar o vosso blogue aos meus links.

    ResponderEliminar